<>

Home » Poesias Quinta-Feira, 20 de Setembro de 2018







[ A ] [ B ] [ C ] [ D ] [ E ] [ F ] [ G ] [ H ] [ I ] [ J ] [ K ] [ L ] [ M ] [ N ] [ O ] [ P ] [ Q ] [ R ] [ S ] [ T ] [ U ] [ V ] [ W ] [ X ] [ Y ] [ Z ] [ 1 ... 9 ]



por: antonio marcos coutinho cardoso

meu coração!anda calado,pensativo.meu coração!pergunta pelo seu amor.meu coração!parou declama o amor.meu coração!parece um menino.sem carinho pela rua da cidade.nos braços da maldade do olhar da mentira.meu coração!anda calado,triste pelo canto.a procura de um afago.a noite a dor vira um coberto.para esquentar seu corpo nú.meu coração!não enxergar a saudade.a chuva que cai.é a lagrima do meu sonho.lavando meu peito cheio de dor.meu coração!carrega o desejo como estaca.cravado em suas mãos.o meu medoé um fantasma.o banco da praça éa minha cama.onde a madrugada me pega em seu colo acalmando meu coração.das dores do mundo.ah meu coração!