<>

Home » Poesias Sexta-Feira, 21 de Setembro de 2018







[ A ] [ B ] [ C ] [ D ] [ E ] [ F ] [ G ] [ H ] [ I ] [ J ] [ K ] [ L ] [ M ] [ N ] [ O ] [ P ] [ Q ] [ R ] [ S ] [ T ] [ U ] [ V ] [ W ] [ X ] [ Y ] [ Z ] [ 1 ... 9 ]


Sonho somente
por: Agnaldo Santana

Quero e espero um pouco mais
E o Estado me cobra o que não tenho
Calo-me diante de forças desconhecidas
E agora trago o medo e vou me fechando

... olho a vidraça e vejo um espectro
talvez seja a minha imagem esquecida num passado
trago na boca um gosto amargo
o mesmo que tinha quando teus lábios beijei

caio em mim e nada vejo
miro teu retrato e me faço parte dele
revivo cada momento contido neste still

por fim me revisto de um sentimento quase real
sinto o calor de teu corpo e...
quando beijo tua boca cálida... desperto e estou só.