<>

Home » Poesias Quarta-Feira, 20 de Junho de 2018







[ A ] [ B ] [ C ] [ D ] [ E ] [ F ] [ G ] [ H ] [ I ] [ J ] [ K ] [ L ] [ M ] [ N ] [ O ] [ P ] [ Q ] [ R ] [ S ] [ T ] [ U ] [ V ] [ W ] [ X ] [ Y ] [ Z ] [ 1 ... 9 ]



por: Agnaldo Santana

A beira do cais senti teus afagos
Toquei-te os cabelos longos
Deite-me ao teu lado me sentindo parte de ti
Quis fugir mas não tive forças
A paixão me puxa para ti.

Hoje neste espaço vazio busco encontrar-te
Para num mágico momento te abraçar e beijar
Possuir-te sendo por ti possuído
Sendo senhor e servo de teus anseios e desejos.

Calo em mim qualquer palavra de dor
Calo a dor que finjo não sentir
Quando não escuto mais a tua voz.

A noite chega e com ela vem tua magia
O sabor de teus lábios e a maciez de tua tez
A me fazer sonhar
Delirar te desejar...